Fatos, Curiosidades, Notícias

A África tem sido objeto de uma estratégia de desqualificação que perdura por séculos. Tendo por objetivo a submissão dos povos e culturas do continente, uma das notórias premissas levadas a cabo para justificar a subalternidade do continente – retenha-se: uma gigantesca porção do Planeta, correspondendo a um quarto das terras emersas do globo – seria uma pretensa “ausência de civilização” neste espaço, dominado por povos bárbaros e incultos. Contudo, pesquisas históricas, geográficas e antropológicas têm oferecido subsídios para desafiar esta peça de ficção. Na Continue lendo